O Que É Fogacheamento

Fogacheamento da rocha com uso de explosivos

Fogacheamento da rocha com uso de explosivos é um assunto muito recorrente entre engenheiros que atuam com escavação no bojo das operações de desmontes de rochas.

Os fogachos são rochas de tamanhos indesejáveis em relação a aqueles cujas especificações granulométricas são as exigidas (para destinação ao britador ou comercialização), em se tratando de mineradoras, por exemplo.

Dessa forma, após a detonação primária, é realizada uma detonação secundária do material de dimensões inadequadas. Assim, em uma pedreira, por exemplo, poderá ser desenvolvido o fogo de bancada e, em seguida, o fogacho. Quando não realizado o fogacheamento, britadores vira-e-mexe sofrem com o efeito denominado engaiolamento. Vale dizer, a redução da frequência de ocorrências de engaiolamento leva à maior produtividade como um todo.

Além disso, a fragmentação adequada advinda do desmonte primário pode evitar a etapa de desmonte secundário (fogacheamento – Figura 1 abaixo). Dessa forma, a melhor ferramenta de trabalho para combater essa etapa é por meio do dimensionamento adequado com o uso de softwares para estipular a granulometria a ser obtida por meio dos desmontes de rochas com explosivos. O fogacheamento sistemático poderá tornar a operação de fragmentação extremamente onerosa. Para fins de comparação, há casos em que o custo com fogacheamento da rocha pode atingir o valor de R$ 46,38 por metro cúbico enquanto que o desmonte de rocha é estimado em R$ 33,20 / m³, em termos de preço unitário.

Fogacheamento
Figura 1 – Perfuração para posterior preenchimento dos furos e fogacheamento. Fonte: Valmon Consultoria e Treinamento.

O desmonte secundário poderá ser realizado por meio do martelo rompedor hidráulico (Figura 1 acima), drop ball ou até mesmo bolder buster (tecnologia que vem sendo substituída pelo Sierra Buster). A análise minuciosa de qual alterativa eleger é importante. Em obras de duplicação de rodovias, por exemplo, o tempo urge pela agilidade da operação em função da sua interdição que causa transtornos aos usuários da via. Assim, após a realização de detonações de rocha, o fogacheamento não poderá exigir muito tempo para a sua realização, justamente por conta da importância de não se prejudicar o direito de ir e vir dos cidadãos.

Nos próximos textos, continuaremos falando sobre as técnicas por trás do fogacheamento. Para continuar ligado nas nossas dicas de engenharia de explosivos, curta a nossa página oficial no Facebook. Sempre avisamos por lá quando há novidades aqui no blog da Valmon Engenharia. Até a próxima!

[clique aqui para curtir a nossa página oficial no Facebook]

[Fonte da capa desse texto]

Comentários